Sua configuração moderna e desenho foram confeccionados na Espanha. Presente hoje em quase todos os géneros musicais populares, sua abrangência só se compara à do piano. Ao longo do tempo este instrumento sofreu grandes evoluções e, hoje em dia, possui uma grande variedade de formatos e tamanhos, cada qual mais apropriado a um estilo de execução. O nome violão hoje faz parte do vocabulário de todos os brasileiros.

 

-Na Música Popular - Diversas características do violão o tornam propício ao acompanhamento do canto. Entre elas, a extensão, o volume sonoro, a relativa riqueza harmônica, o baixo custo e o peso reduzido. Isso também o torna o instrumento preferido de alguns intérpretes. De fácil transporte, é comum ver grupos de pessoas reunidas em torno de um violão em festas, bares, praias, estádios, locais ou situações em que as pessoas se agrupam. Poucos instrumentos são tão presentes no cotidiano, executados por músicos amadores tanto quanto por profissionais.

 

-Na Música Erudita - Este instrumento originou um ramo da música clássica composta por obras escritas especialmente para tirar partido das possibilidades expressivas do violão, geralmente prelúdios, sonatas e concertos, embora qualquer forma de composição musical possa ser utilizada. O violão é tocado sem o uso de palhetas, utilizando-se as unhas. Ao contrário da música popular a execução mais freqüente é de uma linha melódica tocada nas cordas agudas e linhas de baixo, escalas e arpejos são tocados simultaneamente à melodia principal.

Conheça nosso(s) Professores:
WhatsApp Image 2020-12-31 at 10.18.56 (1
Captura_de_tela_2015-11-16_às_11.48.07.p
  • ass
  • Ícone de App de Facebook
  • Instagram
  • YouTube
zap.png